Hayden Christensen, de Obi-Wan Kenobi, adoraria continuar com Darth Vader

0
171

Foi um choque para muitos fãs de Star Wars quando a Disney anunciou durante uma teleconferência de resultados de 2020 que Hayden Christensen retornaria à franquia como Darth Vader. Esse choque rapidamente se transformou em alegria quando duas décadas ajudaram a apagar o sentimento anti-prequel que cercava os episódios 1-3 quando eles foram lançados no final dos anos 90 e início dos anos 2000.

Agora cinco episódios no Obi wan Kenobi minissérie que reúne Christensen com o Jedi titular de Ewan McGregor, o ator tem desfrutado das boas-vindas de um herói desde o lançamento do programa, apesar de interpretar um dos vilões mais icônicos da história da cultura pop. “Foi realmente tão emocionante, toda a experiência e certamente o apoio dos fãs foi enorme”, disse ele ao TV Guide.

Os 26 melhores programas de TV no Disney + agora

Quando os fãs se reuniram com Vader em Obi-Wan, 10 anos se passaram desde que a Ordem 66 foi enviada, pedindo a erradicação de todos os Jedis em toda a galáxia. Enquanto o Imperador Palpatine enviou a ordem, Darth Vader nasceu das cinzas de Anakin Skywalker para aplicá-la e o primeiro vislumbre de Vader na série provou que 10 anos em um tanque de cura só o tornaram mais forte, mais mortal e ainda muito, muito irritado. .

“Ele é muito consumido por [the rage]. Eu acho que é justo dizer que, certamente, a perda de Padme é algo que ele nunca vai superar. Seu relacionamento com a Ordem Jedi e certamente seu relacionamento com Obi-Wan – há muitas coisas difíceis para ele. Felizmente, é o que ele usa para seus poderes agora e, portanto, ele é muito poderoso”, explicou Christensen. “Sempre senti que ele queria fazer o bem. Sua descida ao lado negro foi motivada por querer salvar as pessoas que ele amava, e isso é relacionável. Sua luta nisso o deixou com muita raiva e essas emoções acabaram de crescer. Ele teve todo esse tempo no tanque para se infiltrar nele. Ele não está em um bom lugar.”

Hayden ChristensenObi-Wan Kenobi

Lucasfilm / Disney +

Uma fonte potencial de luz na vida de Vader é a existência de sua filha Leia (Vivien Lyra Blair). Os dois estiveram circulando um ao outro sem saber durante toda a série, mas Christensen não confessou se os dois personagens realmente terão algum tempo de tela juntos. “Eles estão muito próximos”, brincou o ator. “Apenas ter esses personagens na mesma história faz com que o público faça suas próprias conexões lá. Adoro ver a pequena Leia nisso.”

Se Vader e Leia realmente se veem cara a cara em Obi-Wan não vai mudar o fato de que este é o começo de muita história entre os dois antes de Luke Skywalker se juntar à briga em Uma nova esperança. Há outra década sólida de história faltando no cânone de Star Wars entre Obi-Wan e Star Wars Episódio IVpor isso levanta a questão de saber se há mais Vader para Christensen explorar, apesar de pensar que ele terminou com o personagem há 20 anos.

“Sempre há mais perguntas com esse personagem. Ele é um grande personagem, muito complexo”, disse ele. “Quando terminamos as prequelas, isso tinha um senso real de finalidade, mas agora voltando, não sei o que está reservado para o personagem, mas adoraria continuar com ele”.

Com a resposta crítica favorável a Obi-WanChristensen de longe não é o único a bordo disso, seja com uma segunda temporada de Obi-Wanou uma nova aventura de Vader.

o Obi wan Kenobi final da série estreia quarta-feira, 22 de junho no Disney +.

(Divulgação: Links para varejistas podem gerar dinheiro para apoiar nosso trabalho.)

Fonte: https://www.tvguide.com/news/obi-wan-kenobi-hayden-christensen-love-to-continue-darth-vader/

Deixe uma resposta